Quem quer perder peso????

22 de abr de 2009



Oii queridas(os)boa tarde!!
Postei tarde hoje né??!!Uai,tenho que trabalhar pra pagar a Velox(misericórdia nela)hehehe!!

Se eu fizer uma pergunta ou criar uma pesquisa aqui no nosso blog, perguntado,quem quer perder peso hein????
Vai ser geral a mesma resposta:Eu queerrro,o que tenho que fazer,??Me ajudaaa!!
Com exceção da Giuli(ela não precisa perder peso,tá ótima..rsrs!),sabemos que sempre temos uns quilinhos pra botar pra correr!!

Então,peguei umas dicas de nutrição que corresponde a cada faixa etária da mulher.
Não adianta aquelas dietas malucas,formulas milagrosas,e etccc infinito.
O que deve ser feito mesmo é a danada da Reeducação Alimentar e escolher os alimentos certos que o PAPAI criou pra gente!!

Confere aí;
Boas escolhas aos 20 anos
Não deixe para depois. Este é o melhor momento para adquirir bons hábitos – assim você controla a TPM, que costuma ser acentuada por causa dos altos níveis hormonais, e mantém a facilidade de perder peso, graças ao metabolismo acelerado.

Dieta dos pontos
Quem vive na correria e não tem tempo de escolher nada muito complicado pode aderir ao sistema de pontos. Criado pelo endocrinologista Alfredo Halpern, de São Paulo, ele simplifica a forma de contar calorias (1 ponto equivale a 3,6 calorias) e permite que você coma de tudo – de pizza a bombom. Só não pode ingerir mais pontos do que os recomendados pelo médico ou nutricionista. “Para dar certo, é fundamental registrar em um diário tudo o que consumiu ao longo do dia, inclusive a mordida no sanduíche da amiga. Só assim você consegue controlar a quantidade e a qualidade dos alimentos ingeridos”, avisa o médico, autor do livro NOVA DIETA DOS PONTOS, lançado pela revista SAÚDE!, da Editora Abril. Você pode também tirar proveito da dieta dos pontos com a ajuda das nutricionistas do site http://www.emagrecendo.com.br/

Reeducação alimentar aos 30 anos
Troque itens da sua alimentação por outros mais saudáveis. Isso ajuda a combater o stress e o esgotamento mental, além de dar pique para você resolver suas mil e uma tarefas diárias.

Trocas valiosas
Tudo bem que fazer bruscas mudanças à mesa depois de três décadas de vida não é fácil, mas vale a pena, principalmente se você está cansada de viver de regime. A mais importante delas é ficar atenta às escolhas, como optar por carboidrato integral em vez de simples, trocar alimentos fritos por assados e fastfood por sanduíche natural. “A reeducação alimentar inclui ainda aumentar o consumo e a variedade de frutas, verduras e legumes, caprichar no café-damanhã, fazer pequenos lanches entre as refeições e maneirar no tamanho das porções”, afirma a nutricionista Márcia Dal Medico, de São Pedro (SP). A recompensa não poderia ser melhor: você desintoxica o organismo, emagrece com saúde e pode comer sem medo uma fatia de bolo no seu aniversário, panetone no Natal e até churrasco no fim de semana.

Alimentos funcionais aos 40 anos
Aposte suas fichas em ingredientes que, comprovadamente, retardam o envelhecimento, aceleram o metabolismo e amenizam os efeitos das mudanças hormonais que estão para se instalar.

Alimentos funcionais aos 40 anos
Comida que funciona.
Nunca se pesquisou tanto o poder dos alimentos para a saúde e o bem-estar. Ancorada nessas descobertas, a dieta funcional combate os desequilíbrios orgânicos com base na combinação inteligente de vitaminas e minerais. “É possível tratar uma infinidade de problemas, desde insônia e constipação até irritabilidade e obesidade”, diz a nutricionista funcional Daniela Jobst, de São Paulo. Para garantir bons resultados, o cardápio tem regras que precisam ser seguidas à risca, independentemente da queixa. Entre elas, fazer um café-da-manhã reforçado e incluir lanches nos intervalos das refeições para ativar o metabolismo. À noite, sopas de vegetais ou saladas, para desintoxicar o organismo. A dieta prega a redução do consumo de grãos refinados e açúcar para evitar os picos de insulina, que levam ao apetite voraz e ao diabetes.

Ingredientes fitoterápicos aos 50 anos
Nesta fase da vida, seja criteriosa com o tamanho das porções e com o que coloca no prato. Abuse de ervas, chás e alimentos que promovam saúde. Assim, você emagrece, ganha mais disposição e longevidade.

Ingredientes fitoterápicos aos 50 anos
Ervas que fazem bem.
Nesta faixa etária, o cardápio que tem melhor aceitação é o que vem recheado com alimentos naturais e muitas ervas e molhos para temperar. A explicação está no seu paladar, que ficou mais apurado e exigente e já não se satisfaz com fast-food. “O momento é perfeito para abusar de verduras e legumes crus ou cozidos no vapor, temperados com gengibre em pó, canela, gergelim, orégano, cravo, louro ou hortelã”, diz Vanderlí Marchiori. A especialista sugere também a ingestão diária de 2 xícaras de chá de ervas, no mínimo, para equilibrar o metabolismo. Vale misturar cidreira, salsaparrilha, casca de abacaxi ou de laranja, cavalinha e erva-doce. É fácil de preparar: para cada litro de água, adicione 1 colher (sobremesa) de cada uma das ervas, leve para ferver por cinco minutos, abafe por mais dez, coe e beba ao longo do dia.

PS:Antes de começar uma dieta,procure seu médico.
Fonte:Editora Abril/Sáude Cláudia.

0 comentários: