Abandone a ira.Será possível?!

29 de set de 2009

Tome cuidado para não explodir a ponte que você terá que atravessar. Winston Churchill

Como todo o mundo, você tem seus dias bastante difíceis. As pessoas lhe trazem
desapontamentos e problemas, eventos e circunstâncias o afligem, projetos se atrasam
indefinidamente, contas se acumulam, e as demandas e pressões parecem nunca chegar
ao fim. Tudo isso não lhe é mesmo muito familiar?

A sua primeira resposta pode ser a de reagir com ira, pela frustração com respeito a
colegas de trabalho, membros da família, amigos, sócios, ou até mesmo pessoas que
lhe são totalmente estranhas. Infelizmente, porém, agir sob o impulso da ira só irá
lhe trazer pesar, num futuro próximo.

A dura realidade é que algumas vezes uma porta batida com violência contra o rosto de alguém é uma porta que jamais irá se abrir novamente.
Momentos de ira não devem necessariamente se transformar em erupção vulcânica. Se
você puder aprender a controlá-a ira, também aprenderá a colher os frutos que o equilíbrio é capaz de lhe dar.

Esperar - em meio ao desapontamento e à ira - poderá lhe trazer incalculáveis dividendos em forma de sabedoria e maturidade.

"Deixa a ira, abandona o furor; não te impacientes; certamente isso acabará mal.
Descansa no Senhor e espera nele." Salmos 37:7-8

Palavras de refrigério para este início de semana que já começou quente!!
Bjosss Edificados!

0 comentários: